Analfabetismo funcional e a vulnerabilidade social

O analfabetismo funcional aumenta o risco de vulnerabilidade social.


Isso precisa ter um fim.

Fonte: Unesco, Unifesp e IBGE.

Três em cada dez brasileiros têm limitação para ler, interpretar textos e fazer operações matemáticas em situações da vida cotidiana, por isso são considerados analfabetos funcionais.

 

Um estudo publicado pela ONG Todos Pela Educação mostra que entre 2019 e 2021 (dois primeiros anos da pandemia) houve um aumento de 66% no número de crianças de 06 e 07 anos não alfabetizadas.

 

Cerca de 2,4 milhões de crianças brasileiras nesta faixa etária não sabem ler e escrever. Em 2019 esse número era de 1,4 milhão crianças.

 

 

Essas crianças correm sérios riscos de vulnerabilidade social.


Como o projeto social Ler é Viver, combate o analfabetismo funcional?

 

O projeto LER É VIVER nasceu da constatação de que um dos principais geradores de desigualdade social no Brasil é o analfabetismo funcional. Pesquisas comprovam que boa parte dos cidadãos brasileiros está privada de leitura, o que interfere diretamente em seu aprendizado, expressão, produção cultural e desenvolvimento intelectual. Reverter esse cenário é o objetivo primeiro do Instituto Gil Nogueira por meio do projeto LER É VIVER.

 

 

 


Como colaborar com o projeto social?

1 - Doação direta para o Instituto Gil Nogueira (recorrência mensal no cartão de crédito)

2 - Assinatura mensal de uma caixa de livros infantis para uma criança que você conhece (filhos, sobrinhos, entre outros)

3 - Apadrinhamento de uma criança do projeto social, realizando a assinatura mensal do kit de livros para esta criança. (criança selecionada pelo Instituto)

 

Doação Direta

A doação direta é feita pelo PagSeguro e é cobrada mensalmente no valor de 25 reais.

O débito acontece todo dia 13 no seu cartão de crédito.

 

 

Assinando o Ler é Viajar (para uma criança conhecida ou doando para uma criança do projeto social)

 

Um clube de assinatura de livros infantis, selecionados pela equipe pedagógica do Instituto Gil Nogueira de acordo com a faixa etária da criança (5 a 12 anos).

A assinatura conta com a opção de 01 ou 02 livros por mês, sendo que o plano de dois livros pode ser personalizado para crianças de idades diferentes.

 

100% do lucro obtido é revertido para o projeto social Ler é Viver.

 

 

Como assinar?

 

Convidamos você a mudar o mundo e torná-lo um lugar melhor, incentivando seu filho a ler e ajudando as crianças do projeto Ler é Viver! 

 



Gostou? Conheça nossos planos de assinatura.
 

Frete fixo R$12,00 para todo Brasil

Formas de pagamento: Cartão de Crédito e Boleto.

Destaques Assinaturas

Dois livros

Dois livros

Receba dois livros, todos os meses, selecionados de acordo com a faixa etária entre 5 e 12 anos.    ..

R$ 64,00

Um livro

Um livro

Receba um livro, todos os meses, selecionado de acordo com a faixa etária entre 5 e 12 anos.    ..

R$ 44,00

Presente

Presente

Presenteie uma criança, por um mês, com dois livros selecionados de acordo com a faixa etária entre 5 e 12 anos.    ..

R$ 79,00

Ficou com alguma dúvida?

Clique no botão abaixo e entre em contato via whatsapp.


 

"Deseja doar diretamente ao projeto social Ler é Viver?

Saiba como no botão abaixo."



"Quero doar para o projeto social"

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.